Falso Tiramisù

Falso Tiramisù

[vc_wp_text]

Falso Tiramisù 

[/vc_wp_text]

[vc_wp_text]

 

A primeira vez que ouvi falar de tiramisù, acreditei que se tratava de um tipo de sushi ou prato japonês, mas na verdade é uma sobremesa clássica italiana, que significa “levanta-me” ou “puxa-me para cima”, assim chamado por ser muito energético, rico em gordura, café e chocolate.

Como disse, o tiramisù é uma sobremesa tipicamente italiana, possivelmente originária de Treviso, região do Vêneto, e que consiste em camadas de pão de ló (em geral substituído por biscoitos do tipo inglês ou champanhe) embebidas em café, entremeadas por um creme à base de queijo mascarpone com zabaione (um tipo de creme à base de gemas), e polvilhadas com cacau em pó.

Tradicionalmente, o tiramisù é servido em uma travessa para compartilhar de colher, e ficou imortalizado em diversos filmes de gastronomia, como um dos meus preferidos, o “Sem Reservas” com Catherine Zeta Jones (você pode ver o trailer na nossa postagem 154 Filmes de Gastronomia para Inspirar Você).

Mas, como não moro na Itália, e sim em Arraial d’Ajuda/BA, e essa é a sobremesa preferida da minha esposa, preciso me virar com o que tenho e inventar uma maneira de substituir o mascarpone (que a gente não acha em qualquer esquina), bem como o Vinho Marsala.

Por isso, fiz essa receita com ingredientes mais fáceis de se encontrar, como o Cream Cheese com raspas de limão para simular a acidez característica do mascarpone, e o Vinho do Porto, que cai bem legal com sobremesas, e, também, simplifiquei alguns passos para poder fazê-la um pouco mais rápido!

Espero que você curta esta versão “falsa” do tiramisù (ou pavê metido à besta) e compartilhe com quem você realmente ama!

Falso Tiramisù
Serve 6
Falso Tiramisù feito com Cream Cheese e raspas de limão, e com Vinho do Porto.
Imprimir
Tempo de Pré-Preparo
30 min
Tempo de Preparo
15 min
Tempo Total
45 min
Tempo de Pré-Preparo
30 min
Tempo de Preparo
15 min
Tempo Total
45 min
Ingredientes
  1. 108g de Gemas de Ovo (6 Gemas)
  2. 250g de Açúcar
  3. 500g de Cream Cheese
  4. 10g de Limão Siciliano, raspas (1und)
  5. 200g de Café Expresso ou Coado (bem Forte)
  6. 50g de Vinho do Porto
  7. 200g de Biscoitos Champanhe
  8. 100g de Chocolate Amargo, ralado
Instrumentos
  1. Bowls (tigelas de inox), Foeut (batedor manual), Ralador ou zester, Espátula de Silicone, Panela (para Banho Maria), Travessa para Servir, Garrafa plástica (para separar gemas).
Pré-Preparo
  1. Pesar os Ingredientes
  2. Fazer o café
  3. Separar as gemas
  4. Tirar as raspas do Limão
  5. Ralar o Chocolate
Modo de Preparo
  1. Misture o Café com 50g do açúcar e com o Vinho do Porto.
  2. Bata as gemas, com o Açúcar e o Vinho do Porto em um Banho Maria até atingir 62 ºC, e reserve.
  3. Bata o Cream Cheese com as raspas do limão, até obter um creme macio e uniforme.
  4. Misture as Gemas com o Cream Cheese, delicadamente, até obter um creme uniforme.
  5. Acomode uma camada de biscoitos champanhe e regue com o café e cubra com o creme.
  6. Acomode o restante dos biscoitos, e cubra novamente com o creme.
  7. Cubra com as raspas de Chocolate Amargo.
  8. Em seguida, coloque na geladeira e deixe por pelo menos duas horas, até ficar firme.
DICA 01
  1. Ao separar as gemas, reserve as claras para fazer claras em neves para outra sobremesa, você pode até congelar, ou prepare um omelete bem saudável de claras! :)
DICA 02
  1. Para o Tiramisù você substitui o Cream Cheese e o Limão Siciliano por queijo Mascarpone, o Vinho do Porto por Vinho Marsala e o Chocolate Ralado por Cacau em Pó.
DICA 3
  1. Quer gourmetizar o Tiramisù? Monte em ramekins individuais, ou em uma taça, ou em um copo de Whisky e sirva em porções individuais.
Academia Gastronômica http://academiagastronomica.com.br/

Sugestão de Harmonização

Sugiro o tradicional vinho do Porto, normalmente de cor rubi intensa, com aroma bastante  frutado, e corpo forte. O vinho que sugiro harmonizar é o Porto Burmester Ruby, produzido na região do Douro com as uvas Tinta Roriz e Touriga Francesa. Seu aroma exibe notas de framboesa e morangos. Paladar também frutado, jovem com uma estrutura forte e doce. Aprecie como digestivo ou acompanhando compotas de frutas vermelhas, chocolates e bolos.

Gostou desta sugestão de harmonização e quer comprar este vinho? Pode encontrar ele aqui.

 [/vc_wp_text]

 

[vc_wp_text]

DICA BÔNUS

 

Substitua o Vinho do Porto por outras bebidas, até descobrir qual sabor você mais gosta, eu, por exemplo, adoro com Licor de Amarula! Fica uma delícia! ;)

 

Aproveite e compartilhe! Gostou desta receita que dividi com você? Vai fazer em casa, ou tem alguma dúvida? Poste aqui seus resultados, dúvidas ou sugestões!!! Leio todos e respondo todos que consigo!

Obrigado por participar, e nunca desista de cozinhar, lembre-se sempre que o mundo precisa deste dom especial que somente você tem.

Um grande abraço e até a próxima. :)

[/vc_wp_text]

Loading Facebook Comments ...
Loading Disqus Comments ...
X